top of page

Tratamento de Câncer de Próstata: Como a Genética Está Mudando o Jogo?

Avanços no Tratamento do Câncer de Próstata Metastático: Uma Conversa com a Especialista Dra. Alicia Morgans





Recentemente, tive a honra de conversar com a Dra. Alicia Morgans, diretora médica do programa de sobrevivência do Dana Farber Hospital, em Boston (EUA), sobre os avanços no tratamento do câncer de próstata metastático. Neste artigo, compartilho os insights valiosos dessa discussão, visando esclarecer e educar pacientes e interessados sobre este tema complexo.


### A Escolha do Tratamento Individualizado

A Dra. Morgans enfatizou a importância de escolher tratamentos em conjunto com os pacientes, considerando suas características individuais. Essa abordagem colaborativa não só garante a seleção do tratamento mais adequado, mas também fortalece a relação médico-paciente. Ao decidir sobre um tratamento, consideramos:

- Comorbidades do Paciente: Condições de saúde coexistentes.

- Condição Física: A capacidade geral do paciente de tolerar o tratamento.

- Preferências e Crenças do Paciente: Incluindo preocupações pessoais e preferências por tipos específicos de tratamento.

- Características Clínicas da Doença: Como o volume e a agressividade do câncer, e sua distribuição no corpo.


### Avanços Tecnológicos e Biomarcadores

A Dra. Morgans também discutiu os avanços tecnológicos, como o PET PSMA, uma ferramenta de imagem que ajuda a identificar pacientes com doença metastática mínima. Esses avanços estão mudando nossa compreensão do câncer de próstata e abrindo novas possibilidades para tratamentos mais direcionados.

Além disso, a análise molecular, como o perfilamento molecular Artera, oferece informações prognósticas, ajudando a identificar pacientes com doença mais agressiva ou menos agressiva desde o início. No entanto, ainda estamos avançando na utilização de biomarcadores para prever quais tratamentos serão mais eficazes.


### A Importância dos Testes Genéticos

Outro ponto crucial abordado foi a importância dos testes genéticos. Nos Estados Unidos, recomenda-se que todos os pacientes com doença metastática sejam submetidos a testes genéticos germinativos. Embora esses testes não influenciem a escolha do tratamento na fase sensível a hormônios, eles são vitais para o aconselhamento de membros da família e podem ser decisivos para as linhas de tratamento subsequentes.


### Reduzindo a Atrito entre Linhas de Tratamento

A Dra. Morgans destacou um desafio significativo: cerca de 50% dos pacientes não progridem para a próxima linha de tratamento devido a vários fatores, incluindo saúde debilitada ou falecimento. Ter informações genéticas disponíveis antecipadamente pode acelerar a transição para novos tratamentos, reduzindo assim a taxa de atrito.


### Conclusão

Minha conversa com a Dra. Morgans foi extremamente esclarecedora. Seu conhecimento e experiência no tratamento do câncer de próstata metastático são inestimáveis. Como ela destacou, a abordagem ao tratamento deve ser sempre personalizada, levando em conta as características únicas de cada paciente. Os avanços tecnológicos e biomarcadores estão abrindo novos caminhos, mas ainda há muito a ser explorado e entendido.


Espero que este artigo tenha proporcionado uma visão clara e acessível sobre os avanços no tratamento do câncer de próstata metastático. Como sempre, a colaboração entre médicos e pacientes é fundamental para o sucesso do tratamento.


🔸contato: ☎(11) 2769-3929 📱(11) 99590-1506 | whatsapp: 📲 https://bit.ly/2HCRkgt 💻 https://www.clinicauroonco.com.br/ Agenda: http://bit.ly/2WMMiCI R. Borges Lagoa 1070, Cj 52 V. Mariana - São Paulo - SP Dr. Bruno Benigno CRM SP 126265 Urologista do H. Alemão Oswaldo Cruz Uro-oncologia e Cirurgia robótica Instagram: @dr_benigno

72 visualizações1 comentário
bottom of page