UA-116285209-1
 
  • Dr. Bruno Benigno

Câncer de Bexiga no Brasil



Câncer de bexiga

Segundo dados do INCA, o número de casos novos de câncer de bexiga estimados para o Brasil, para cada ano do triênio 2020-2022, foi de 7.590 casos em homens e de 3.050 em mulheres. Esses valores correspondem a um risco estimado de 7,23 casos novos a cada 100 mil homens e 2,80 para cada 100 mil mulheres.

Sem considerar os tumores de pele não melanoma, o câncer de bexiga em homens ocupa a sexta posição na Região Sudeste (10,54/100 mil).

Na Região Sul (9,50/100 mil), ocupa a sétima posição.

Na Região Centro-Oeste (4,84/100 mil), é o décimo mais frequente. Nas demais Regiões, Nordeste (3,45/100 mil) e Norte (1,81/100 mil), ocupa a décima primeira posição.

Para as mulheres, é a décima quarta mais frequente nas Regiões Sudeste (3,80/100 mil) e Centro-Oeste (2,30/100 mil). Nas Regiões Sul (3,31/100 mil), Nordeste (1,81/100 mil) e Norte (0,69/100 mil), ocupa a décima quinta posição.

Setenta por cento dos casos são detectados em estágios iniciais, sendo a raspagem endoscópica (RTU) a modalidade de tratamento mais usada.

Os principais fatores de risco são:

1- tabagismo

2- contato crônico com derivados do benzeno

Procure seu urologista e faça seu preventivo.

Compartilhe esta ideia

#urologistas #oncologistas #cancerdebexiga

3 visualizações0 comentário