UA-116285209-1 Como saber se um homem tem câncer de próstata?
  • Dr. Bruno Benigno

Como saber se um homem tem câncer de próstata?

Atualizado: Abr 29



Quando excluímos o câncer de pele, o câncer de próstata é a principal doença maligna em homens no mundo todo.(1,2)

No início, a doença pode não causar qualquer sintoma. Em estados avançados o sintomas mais frequentes são:

  • Dor ao urinar

  • sangramento ao urinar

  • Jato urinário fraco

  • vontade de ir repetidamente ao banheiro urinar, em intervalos curtos

  • Perda de peso e mal estar geral

  • dores nos ossos e articulações


No Brasil, aproximadamente 70% dos homens detectam o câncer de próstata na fase sem sintomas. A biópsia é a única forma de chegar ao diagnóstico definitivo. (3)

O urologista suspeita da existência do câncer de próstata toda vez que o exame de PSA encontra-se alterado no sangue ou um nódulo duro é detectado na superfície da próstata durante o exame de toque retal.


A Sociedade Brasileira de urologia recomenda iniciar o rastreamento preventivo contra o câncer de próstata em todos os homens com mais de 50 anos.


Entretanto, homens com os fatores de risco abaixo devem começar o rastreamento aos 45 anos de idade:

  • homens de raça negra sabidamente tem risco duas vezes e-mail maior de apresentar o câncer de próstata. Os motivos ainda são desconhecidos pela ciência.

  • homens que possuem dois ou mais parentes de primeiro grau diagnosticado com câncer de próstata antes dos 60 anos de idade

  • homens portadores de mutação Dos genes BRCA1 e BRCA2. Estes genes sabidamente aumentam o risco de câncer de mama, em homens e mulheres.(4)


Fazer atividades físicas regulares, se alimentar de forma saudável, evitar o tabagismo e fazer o controle preventivo anual são as estratégias mais efetivas para aumentar as chances de cura do câncer de próstata, sempre que descoberto em um estágio inicial.


escrito por:

Dr. Bruno Benigno

CRM SP 126265


1. Center MM, Jemal A, Lortet-Tieulent J, Ward E, Ferlay J, Brawley O, et al. International Variation in Prostate Cancer Incidence and Mortality Rates. Eur Urol. junho de 2012;61(6):1079–92.

2. Braga SFM, de Souza MC, Cherchiglia ML. Time trends for prostate cancer mortality in Brazil and its geographic regions: An age–period–cohort analysis. Cancer Epidemiol. outubro de 2017;50:53–9.

3. Tourinho-Barbosa RR, Pompeo ACL, Glina S. Prostate cancer in Brazil and Latin America: epidemiology and screening. Int Braz J Urol Off J Braz Soc Urol. 2016;42(6):1081–90.

4. Mateo J, Carreira S, Sandhu S, Miranda S, Mossop H, Perez-Lopez R, et al. DNA-Repair Defects and Olaparib in Metastatic Prostate Cancer. N Engl J Med. 29 de outubro de 2015;373(18):1697–708.



0 visualização

©  2019 por Clínica Uro Onco. Responsável técnico: Dr. Bruno Benigno CRM SP: 126265

  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • YouTube ícone social
  • Twitter ícone social
  • Facebook ícone social
  • Google+ ícone social