top of page

Quando o câncer de próstata se espalha. A cura é possível?

Atualizado: 28 de abr. de 2020


O câncer de próstata é a segunda doença maligna mais frequente, ficando atrás apenas do câncer de pele. É mais frequente em homens acima de 60 anos de idade e seu risco de aparecimento aumenta com o passar dos anos. (1,2)

70% de todos os casos são detectados na fase sem sintomas da doença, através das campanhas de rastreamento anual, com o exame de toque retal e a dosagem no sangue do PSA. Vinte por cento dos casos são detectados em uma fase onde a doença já rompeu a cápsula da próstata, estágio conhecido como doença localmente avançada. (3,4)


Aproximadamente 10% dos casos são diagnosticados na fase de doença disseminada pelo corpo, conhecida pelos médicos como metástases. A cura da doença é possível enquanto localizada na próstata ou mesmo disseminada em suas proximidades


A disseminação do câncer ocorre através dos vasos sanguíneos, nervos e vasos linfáticos.

Inicialmente a doença acomete os gânglios linfáticos ao redor da próstata e posteriormente se aloja nos ossos.


No estágio da doença disseminada, os tratamentos visam o controle do crescimento do câncer, assim como a diminuição do número de focos de doença nos ossos e outros órgãos abdominais ou do tórax.


O controle da doença na fase disseminada é obtido através da utilização de medicações que bloqueiam a ação da testosterona no corpo.(5)

Ação desse medicamento pode ser melhorada com a utilização de drogas de última geração, utilizadas via oral, que proporciona um bloqueio ainda maior dos efeitos da testosterona.


A quimioterapia também pode ser uma estratégia utilizada juntamente com os bloqueadores de testosterona . mas geralmente é reservada para estágios mais avançados, onde o câncer de próstata foi capaz de escapar ao bloqueio da testosterona para retomar seu crescimento.(6)


Uma das drogas mais utilizadas para o bloqueio da testosterona é a gosserrelina, Que pode ser usada em conjunto com outras classes de droga, como a apalutamida, enzalutamida, abiraterona ou darolutamida.(7–11)


O diagnóstico da doença no estágio de metástases é feito através de exames de imagem como a cintilografia ou a tomografia Pet com uma molécula específica ao câncer de próstata, conhecida como PSMA.(12)

Para mais informações, consulte seu urologista ou oncologista.


Urologista do Centro de Oncologia do Hospital Alemão Oswaldo Cruz - SP

CRM 126265





2.606 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page