top of page

Qual o Risco Real dos Cistos Renais Bosniak Tipo 3 e 4?





Cistos Renais: Entendendo os Riscos e Tratamentos

Em um vídeo elucidativo, o Dr. Bruno Benigno, renomado urologista e cirurgião uro-oncologista, aborda um tema de grande interesse e relevância para a saúde renal: os cistos renais. Com uma abordagem clara e objetiva, o especialista esclarece dúvidas comuns sobre os riscos associados a essas formações e as opções de tratamento disponíveis, visando preparar os pacientes para uma consulta médica mais informada.


O Que São Cistos Renais?

Cistos renais são bolsas cheias de líquido que se formam nos rins. Embora a maioria seja benigna e não cause problemas, alguns podem ser preocupantes e necessitar de intervenção médica. Dr. Benigno explica que cerca de 60% da população desenvolverá algum tipo de cisto renal ao longo da vida, mas a grande maioria, entre 80% a 90%, não apresenta riscos à saúde.


Classificação dos Cistos Renais

Uma ferramenta essencial no diagnóstico e manejo dos cistos renais é a classificação de Bosniak. Desenvolvida pelo radiologista norte-americano Dr. Morton Bosniak, essa classificação divide os cistos em categorias de 1 a 4, baseando-se em características observadas em tomografias e ressonâncias magnéticas. Essa classificação ajuda a determinar o potencial maligno dos cistos e a necessidade de tratamento cirúrgico.


- Bosniak I e II: Cistos simples, com baixo risco de malignidade. Não requerem intervenção.

- Bosniak IIF: Cistos que apresentam características indeterminadas, necessitando de acompanhamento periódico.

- Bosniak III e IV: Cistos com maior risco de serem malignos, geralmente indicados para tratamento cirúrgico.


Tratamentos Disponíveis

Para cistos classificados como Bosniak III e IV, a cirurgia é frequentemente recomendada. Existem duas abordagens principais: a remoção parcial do rim, preservando o máximo possível do órgão, e a nefrectomia total, indicada quando o cisto é muito grande ou está localizado em uma área crítica do rim. Dr. Benigno destaca a preferência pela cirurgia robótica, dada a sua precisão e melhores resultados na preservação renal.


Para pacientes idosos ou com múltiplas comorbidades, métodos menos invasivos, como a radiofrequência e a crioterapia, podem ser considerados. Essas técnicas, embora menos eficazes em termos de taxa de cura, representam alternativas menos agressivas para casos selecionados.


Conclusão

O vídeo do Dr. Bruno Benigno oferece uma visão abrangente sobre os cistos renais, desde a classificação até as opções de tratamento, enfatizando a importância de um diagnóstico preciso e de uma decisão de tratamento bem informada. A mensagem central é a de que, embora a maioria dos cistos renais não represente um risco significativo para a saúde, é crucial uma avaliação cuidadosa para aqueles com potencial de malignidade.


🔸Não deixe para amanhã cuidados que precisam ser diários! ☎(11) 2769-3929 📱(11) 99590-1506 Faça contato direto pelo whatsapp: 📲 https://bit.ly/2HCRkgt 💻 https://www.clinicauroonco.com.br/ Agende online: http://bit.ly/2WMMiCI Rua Borges Lagoa 1070, Cj 52 Vila Mariana - São Paulo - SP Dr. Bruno Benigno CRM SP 126265 | RQE 60022 Urologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz SP Diretor da Clínica Uro Onco Especialista em Uro-oncologia e Cirurgia robótica Instagram: @dr_benigno #urologia #saúde #urooncologia #vidasaudável #uro #urologia #medicina #drbrunobenigno #uroonco #onco #oncologia #PSA #cancerdeprostata #prostata #cirurgiarobotica #novembroazul

153 visualizações1 comentário

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Rated 5 out of 5 stars.

Enviem suas dúvidas aqui nos comentários

Att

Dr. Bruno Benigno

Like
bottom of page