UA-116285209-1
 
  • Dr. Bruno Benigno

10 coisas que você precisa saber sobre o PSA


1. Quando o PSA é preocupante?


Quando o valor do PSA está acima de 4,0 ng/ml é um sinal de alerta, pois pode indicar a presença de um câncer de próstata ou de outra doença benigna, como a hiperplasia benigna. Nesses casos, devemos continuar a investigação para a identificação do diagnóstico.

PSA elevado não quer dizer obrigatoriamente que o paciente tem câncer, é apenas um alerta.

2. Qual o valor normal do PSA

Os valores normais do PSA variam de acordo com a idade e raça, segue tabela com valores: (1)

(2)

3. Qual a taxa normal do PSA livre e total?


Como dito anteriormente, há um conceito geral de que o PSA total abaixo de 4,0 ng/ml é normal. Já o PSA livre, só tem relevância a partir do momento que o total estiver “fora da normalidade”.

A relação entre o PSA livre e o PSA total deve permanecer acima de 20%. Desta forma, quando abaixo desse nível (20%) maior a chance do paciente ter de câncer de próstata. Contudo, cada caso deve ser individualizado e muitos outros pontos (como idade, etnia, tamanho da próstata) devem ser levados em consideração para chegar em um diagnóstico preciso. Busque sempre a ajuda de seu urologista.


4. Qual o preparo para fazer o exame de PSA?

Esses dados dependem também do laboratório que irá ser coletado o exame, mas normalmente, o preparo para o exame consiste em: (3)


  • Jejum de no mínimo quatro horas para todas as idades.

  • Não ter ejaculado nas últimas 48 horas (em casos de ter realizado relações sexuais, o importante é não ter existido ejaculação durante esse tempo)

  • Não ter andado de bicicleta, motocicleta e praticado equitação nos últimos dois dias

  • Não ter feito toque retal e não ter feito sondagem uretral nas últimas 72 horas.

  • Não ter feito cistoscopia nos últimos 5 dias.

  • Não ter feito ultrassom transretal na última semana.

  • Não ter feito colonoscopia em até 15 dias antes do exame.

  • Não ter feito biópsias de próstata no último mês.


5. Quando o PSA é alto?


Como já dito anteriormente, o PSA pode ser considerado “alto” acima de 4,0 ng/ml.

Níveis do PSA acima de 20 ng/ml são considerados muito altos e devem ser investigados com prioridade.


6. Qual a porcentagem normal entre o PSA livre e total?


Em geral, quanto maior a proporção entre o PSA livre e o total, menores as chances de ter câncer de próstata. Nesses casos, o número costuma ser igual ou superior a 20%, o que poderia indicar também o desenvolvimento de doenças benignas ou infecção urinária, por isso a avaliação de um profissional é tão importante.


7. O que fazer quando a relação do PSA livre é menor que 20%?


Seu urologista repetirá o exame para confirmação. O exame de toque retal também é obrigatório, com objetivo de identificar nódulos duros na próstata.

Caso a dúvida persista, seu urologista solicitará uma ressonância magnética multiparamétrica da sua próstata.

Se ainda assim a causa não for identificada, uma biópsia da próstata é o próximo passo. (4)


8. Como calcular a relação PSA livre e normal?


O cálculo é simples. Dividimos os valores dos dois exames e multiplicamos por 100 (PSA livre/PSA total x 100)


9. O que é Antígeno prostático específico livre?


É uma fração do PSA total que circula livremente no sangue, sem se ligar a proteínas.

Esta molécula não tem o mesmo efeito biológico do PSA (anticoagulante do semen). É produzida pelo tecido prostático benigno. Sua diminuição pode indicar a existência do câncer de próstata e serve como um indicativo para o urologista seguir investigando.


10. Qual a função do PSA no organismo?


É uma enzima (proteína) produzida apenas na próstata, que tem a função de dissolver o sêmen ejaculado. Apenas homens produzem PSA.


Na hora da ejaculação do homem, o sêmen sempre sai compactado, como se fosse um coágulo branco, mas se o sêmen for deixado em observação em uma superfície por 5 minutos, é possível perceber que o mesmo começa a ficar completamente transparente. Essa liquefação do ‘’coágulo branco’’ para o transparente é feita pelo PSA.

Ou seja, o PSA serve para facilitar a motilidade dos espermatozóides na vagina e no útero. Se ele não existisse, os espermatozoides ficariam ‘’presos’’ no muco branco do sêmen e nunca chegariam no óvulo.

Entre em contato com o urologista mais próximo de você independente do resultado. Nós, da Clínica Uro Onco, seguimos em plena disposição para todos os casos.


Escrito por:




Referências:

1. Henderson RJ, Eastham JA, Daniel J. C, Whatley T, Mata J, Venable D, et al. Prostate-Specific Antigen (PSA) and PSA Density: Racial Differences in Men Without Prostate Cancer. JNCI J Natl Cancer Inst. 15 de janeiro de 1997;89(2):134–8.

2. PSA: Saiba O que é e Como Previne o Câncer de Próstata | Herme Pardini [Internet]. Blog Hermes Pardini. 2018 [citado 19 de maio de 2021]. Disponível em: http://hermespardini.com.br/blog/?p=381

3. https://www.fleury.com.br/exames/antigeno-prostatico-especifico-soro [Internet]. Fleury Medicina e Saúde. [citado 19 de maio de 2021]. Disponível em: https://www.fleury.com.br/exames/antigeno-prostatico-especifico-soro

4. Role of mpMRI of the prostate in screening for prostate cancer - Wallis - Translational Andrology and Urology [Internet]. [citado 20 de maio de 2021]. Disponível em: https://tau.amegroups.com/article/view/15014/15454