UA-116285209-1
 
  • Dr. Bruno Benigno

Como fica a sensibilidade do pênis após a cirurgia de fimose (postectomia)? Entenda antes de fazer.



Devido a um grande fluxo de perguntas sobre o assunto em seu canal do Youtube, o Dr. Bruno Benigno (CRM SP 126265), urologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e Diretor da Clínica Uro Onco, explica de forma objetiva como fica a sensibilidade após a cirurgia de fimose (postectomia).

Para conferir, acesse o vídeo abaixo ou continue lendo para mais informações.


O conteúdo abaixo serve como informativo apenas para homens adultos com o quadro de inflamação aguda ou crônica da glande e do prepúcio. Recém nascidos e crianças seguem um fluxo de avaliação e tratamento diferentes.


De início, o médico explica que a cirurgia pode ser indicada em homens com ferimentos, inflamações, infecções de repetição, dificuldade para colocar a glande para fora ou, em casos em que o paciente deixa de ter relações sexuais por conta do quadro.


O tratamento com medicações pode ser tentado como estratégia inicial nos casos mais leves. Contudo, a cirurgia deve ser indicada toda vez que um anel (conhecido como anel de fimose do adulto) é formado ao redor da glande.

Sobre a questão da sensibilidade alterada após o procedimento, Dr. Benigno ressalta que existem dois cenários:


  1. Homens que têm uma inflamação tão intensa antes da cirurgia, que para eles o pós - operatório será um alívio. Sem as fissuras, inflamações e rachaduras na pele, pode-se dizer que nesse caso a sensibilidade estará até menor. No começo ele irá se readaptar à nova sensibilidade nas relações sexuais. Em geral, após dois meses da cirurgia, tudo volta praticamente 100% ao normal.

  2. O paciente que tem uma inflamação leve e apenas um estreitamento do anel (fimose do adulto mas sem a inflamação). Para esses indivíduos no início, a sensibilidade pode ser aumentada.


O especialista ainda reitera que não é indicada a utilização de produtos ou substâncias com o intuito de diminuir a sensibilidade, pois o próprio corpo fará uma adaptação em um intervalo de até dois meses após a cirurgia. A glande volta a uma sensibilidade normal.


A retirada do prepúcio não interfere na sensação de prazer. Os receptores nervosos de pressão, tato e temperatura estão localizados na glande e na pele que fica meio centímetro abaixo da região, área que captura todos os estímulos sexuais e manda diretamente para o cérebro (como uma antena parabólica).


O prepúcio não participa do processo de estimulação sexual, é apenas uma capa de pele protetora que em alguns homens tem a função de produzir um líquido lubrificante. Contudo, com o passar do tempo essas glândulas de lubrificação naturalmente vão perdendo sua capacidade e a pele vai ficando mais ressecada.


A cirurgia de circuncisão é feita há mais de mil anos, é um procedimento que vem evoluindo com o passar do tempo, desde técnicas, até materiais utilizados e os remédios no pós - operatório. Em termos de sensibilidade: não há motivos para preocupação, não haverá nenhuma perda da função sexual.





243 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo