top of page

Qual o tamanho da próstata com maior risco para câncer e quando se preocupar?

Risco de Câncer de Próstata: Qual é o Tamanho Importante?

São Paulo, Brasil - O médico urologista e uro-oncologista, Dr. Bruno Benigno, discute os fatores de risco relacionados ao câncer de próstata e esclarece questões cruciais em um vídeo informativo. Em um estilo objetivo, o especialista fornece informações essenciais para os pacientes que buscam orientação antes de suas consultas médicas.



O Dr. Bruno Benigno, diretor da clínica Uro Onco e um dos médicos do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, traz um apanhado dos riscos envolvidos no aumento da próstata, além de responder a perguntas comuns relacionadas à biópsia de próstata e aos níveis normais de antígeno prostático específico (PSA) em homens acima de 70 anos. Ele destaca os fatores de risco fundamentais quando os níveis de PSA são considerados altos.


O tamanho da próstata é um tema que frequentemente gera dúvidas. No entanto, o Dr. Bruno Benigno ressalta que o risco de câncer de próstata não está diretamente ligado ao tamanho da glândula. Independentemente de ser pequena ou grande, as próstatas apresentam o mesmo risco. Os principais fatores de risco estão relacionados à idade acima dos 60 anos e histórico familiar de câncer de próstata, sendo os homens negros quatro vezes mais propensos a desenvolver a doença do que os homens orientais.


O médico esclarece que o tamanho normal da próstata pode variar consideravelmente entre os homens. Em média, a próstata de um homem jovem tem cerca de 35 gramas, aumentando em aproximadamente 1 grama por ano. Portanto, um homem de 50 anos pode ter uma próstata com média de 50 a 55 gramas. No entanto, esses valores são populacionais e variam individualmente, assim como a altura.


O crescimento acelerado da próstata pode estar relacionado à genética do paciente ou a fatores externos, como sedentarismo, diabetes e obesidade. Esses elementos podem desencadear a produção de fatores inflamatórios de crescimento, acelerando o desenvolvimento da próstata. O Dr. Bruno Benigno destaca a importância de compreender os fatores de risco para a hiperplasia benigna da próstata.


Um ponto crucial destacado pelo especialista é que a hiperplasia prostática benigna não se transforma em câncer. Embora o câncer possa surgir em áreas de hiperplasia, a condição em si não é um fator de risco para o desenvolvimento da doença. Portanto, a correlação entre o tamanho da próstata e um maior risco de câncer não é precisa.


Quando a próstata está aumentada, podem surgir complicações relacionadas ao estreitamento do canal urinário, como jato urinário fraco, dificuldade de esvaziar completamente a bexiga, necessidade frequente de urinar durante a noite e, em casos mais graves, incontinência urinária e retenção.


Abaixo você pode conferir alguns trechos extraídos diretamente do vídeo acima, onde o Dr. Bruno Benigno explica em detalhes as informações deste conteúdo:


"Amigos e amigas, sejam bem-vindos ao nosso espaço informativo. Hoje, trazemos uma discussão direta e esclarecedora sobre um tema importante: o câncer de próstata e os riscos associados ao aumento dessa glândula. Neste vídeo, além de abordar a relação entre o tamanho da próstata e o risco de câncer, também discutiremos quando é necessário realizar uma biópsia de próstata e qual é o valor normal do PSA para homens com 70 anos ou mais. Abordaremos ainda os fatores de risco para o câncer de próstata quando o PSA é considerado alto. Nosso objetivo é responder a algumas perguntas comuns do dia a dia dos consultórios médicos, proporcionando a vocês um entendimento mais aprofundado de sua condição clínica e orientando sobre as questões a serem levantadas durante a consulta com o médico.


Para aqueles que não me conhecem, sou o Dr. Bruno Benigno, médico urologista e uro-oncologista, com atuação em São Paulo. Além de ser diretor da Clínica Uro Onco , também faço parte do corpo clínico do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Para mais informações sobre nosso trabalho, convido vocês a acessarem nosso site em www.clinicauroonco.com.br Não se esqueçam de se inscrever no canal e ativar as notificações para ficarem atualizados sobre nosso conteúdo.


Vamos agora abordar a questão central: a partir de qual tamanho da próstata é considerado perigoso para o desenvolvimento do câncer? É comum haver dúvidas em relação ao câncer de próstata em homens com próstatas pequenas ou grandes. No entanto, é importante esclarecer que o tamanho da próstata não é um fator determinante para aumentar ou diminuir o risco de câncer de próstata. Os principais fatores de risco são a idade acima de 60 anos e ter um pai ou irmão com histórico da doença. Além disso, homens de raça negra têm quatro vezes mais chances de desenvolver câncer de próstata em comparação com homens de origem oriental. Embora as razões para essa disparidade racial ainda não estejam completamente esclarecidas, esses são os principais fatores de risco associados ao câncer de próstata, independentemente do tamanho da glândula.


Agora, vamos abordar o tamanho normal da próstata em um homem de 50 anos. Em média, a próstata de um homem jovem, com até 30 anos, tem cerca de 35 gramas. Com o passar dos anos, a próstata tende a aumentar em aproximadamente 1 grama por ano, ou seja, cerca de 0,8 gramas por ano. Portanto, um homem com cerca de 50 anos pode ter, em média, uma próstata com tamanho entre 50 e 55 gramas. No entanto, é importante ressaltar que esses valores são médias populacionais, assim como a altura varia entre os indivíduos. Da mesma forma, o crescimento da próstata pode ser mais acelerado em alguns homens, devido a fatores genéticos, sedentários de estilo de vida ou outros fatores. Portanto, é fundamental entender que o tamanho da próstata varia de pessoa para pessoa e não é um indicador direto do risco de desenvolver câncer de próstata.


Em relação à necessidade de realizar uma biópsia de próstata, é importante lembrar que o câncer de próstata é diagnosticado por meio de exames de rotina, como o exame de toque retal e a dosagem do PSA (Antígeno Prostático Específico) no sangue. Se houver suspeita de câncer de próstata com base nos resultados desses exames, uma biópsia da próstata pode ser indicada para confirmar o diagnóstico. A biópsia consiste na coleta de pequenos fragmentos da próstata, que são analisados em laboratório para identificar a presença de células cancerígenas.


Em relação ao valor normal do PSA para homens com 70 anos ou mais, é importante entender que o nível de PSA considerado normal pode variar de acordo com a idade e outros fatores individuais. Em geral, um valor de PSA abaixo de 4 ng/mL é considerado normal. No entanto, em homens mais velhos, especialmente acima de 70 anos, é comum que os níveis de PSA possam estar naturalmente elevados devido ao crescimento benigno da próstata, conhecido como hiperplasia prostática benigna (HPB). Portanto, em alguns casos, pode ser necessário ajustar os valores de referência para homens mais velhos. É importante discutir essas questões com o médico para obter uma avaliação individualizada.

Quando o PSA é considerado alto, existem vários fatores de risco que devem ser considerados para avaliar o risco de câncer de próstata. Além do valor absoluto do PSA, é importante levar em conta a velocidade de crescimento do PSA ao longo do tempo, a presença de sintomas urinários, o histórico familiar de câncer de próstata e outros fatores clínicos relevantes. Em caso de suspeita, o médico poderá solicitar exames complementares, como ressonância magnética da próstata ou uma biópsia, para uma avaliação mais detalhada.


É fundamental ressaltar que a prevenção e o diagnóstico precoce são essenciais no combate ao câncer de próstata. Homens com 50 anos ou mais devem realizar exames regulares, como o exame de toque retal e a dosagem do PSA, conforme orientação médica. Além disso, adotar um estilo de vida saudável, com uma dieta equilibrada, prática regular de atividade física e evitar o tabagismo, pode ajudar a reduzir o risco de desenvolver câncer de próstata.


Espero que essas informações tenham sido úteis e esclarecedoras. Lembre-se sempre de procurar um médico especialista para obter orientações adequadas ao seu caso específico. A saúde é um bem precioso e merece nossa atenção e cuidado. Obrigado por nos acompanhar e até a próxima!"


🔸Não deixe para amanhã cuidados que precisam ser diários! ☎(11) 2769-3929 📱(11) 99590-1506 Faça contato direto pelo whatsapp: 📲 https://bit.ly/2HCRkgt 💻 https://www.clinicauroonco.com.br/ Agende online: http://bit.ly/2WMMiCI Rua Borges Lagoa 1070, Cj 52 Vila Mariana - São Paulo - SP Dr. Bruno Benigno CRM SP 126265 | RQE 60022 Urologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz SP Diretor da Clínica Uro Onco Especialista em Uro-oncologia e Cirurgia robótica Instagram: @dr_benigno #urologia #saúde #urooncologia #vidasaudável #uro #urologia #medicina #drbrunobenigno #uroonco #onco #oncologia #PSA #cancerdeprostata #prostata #cirurgiarobotica #novembroazul




296 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page